sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Toque..




É a sensação de toque.
Numa cidade a sério as pessoas caminham, roçam umas nas outras, trocam encontrões…
Aqui, ninguém se toca. Estamos sempre atrás do metal e vidro.
A falta desse toque é tão dolorosa, que nos espetamos contras os outros só para sentir qualquer coisa.
Tornamo-nos prisioneiros de um universo de palavras impessoais, sem toque, sem sabor e sem gosto.

3 comentários:

Heraclita disse...

muito bom! ainda bem que voltaste ao "ideias fixas" :) espero mais, muito mais :)

ALEXA - ex 10º4 disse...

GONÇALO POETA???
UAAUU nunca pensei vir a ler isto!!

Adélia disse...

descreve um pouco o q sinto no momento. adorei ler o q aki deixaram escrito. ta mto bom mesmo!
jinhos