quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

UM POEMA DE NATAL DE FERNANDO PESSOA

Natal... Na província neva.
Nos lares aconchegados,
Um sentimento conserva
Os sentimentos passados.
Coração oposto ao mundo,
Como a família é verdade!
Meu pensamento é profundo,
Estou só e sonho saudade.

E como é branca de graça
A paisagem que não sei,
Vista de trás da vidraça
Do lar que nunca terei!

Fernando Pessoa

4 comentários:

Marta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marta disse...

espero que tenha sido um bom natal

beijinho

Élio - Filomena disse...

Sim foi um excelente Natal ;)

beijos..

Sandra disse...

Élio, sim o meu Natal foi "magnífico" como tu disseste :D espero que o teu também tenha sido..

beijinhoss