domingo, 6 de julho de 2008

Bela Desconhecida



Encontrava-me na impossibilidade de alcançar o seu pensamento.

Era difícil sem dúvida alcança-lo, mas isso não me causava qualquer sofrimento, era um aspecto da vida que eu precisava de considerar como normal.

Beija-la! Não podia beija-la porque ia aceder a uma existência mais agradável.

E depois, amo sem saber o nome, lembro sem fixar o rosto.

2 comentários:

Marta disse...

Às vezes é melhor assim

beijinho

Heraclita disse...

Belíssimo!
Já tinha saudades de ler o teu blogue.